Minicursos compartilham ações sustentáveis de Sergipe e Alagoas

12
nov

Minicursos compartilham ações sustentáveis de Sergipe e de Alagoas

 

Durante o IV Seminário de Recuperação Hidroambiental, os participantes conheceram ações sustentáveis que estão sendo desenvolvidas em Sergipe e em Alagoas através de minicursos realizados na manhã do dia 12 de novembro no Campus da Universidade Federal de Sergipe.

Os minicursos tiveram como temas recuperação de solos afetados por sais, ferramentas para avaliação da qualidade da água, educação ambiental pelas águas do rio São Francisco, bioágua: tecnologia socioambiental para a agricultura, em Sergipe,  e recuperação de nascentes, em Alagoas.

Minicurso de Recuperação de Solos Afetados por Sal

Para o engenheiro agrônomo Lucas de Oliveira, que participou dos três dias de seminário, o evento foi uma oportunidade de discutir temas que estão no centro do debate no país. Ele também participou do minicurso recuperação de solos afetados por sais, ministrado pelo professor da Universidade Federal de Sergipe, Airon José da Silva. “O evento superou as expectativas. Instigou os participantes a observarem e propor soluções para temas ambientais atuais.  Da mesma forma, o minicurso mostrou de forma prática respostas e aplicações de técnicas que auxiliam o cotidiano profissional dos participantes”, observou.

Minicurso sobre tecnologia social do Bioágua

A estudante Isabelly Santos Lima conheceu a tecnologia social da bioágua que foi tema do minicurso ministrado pela professora voluntária do curso de engenharia agrônoma da UFS, Thais Nascimento. No minicurso foi apresentado o projeto Reuso da Água para Fomentos de Quintais Produtivos no Semiárido do Nordeste do Brasil: Produção e Renda, Empoderamento da Mulher Camponesa e Fortalecimento da Agricultura Familiar, realizado pela Universidade Federal de Sergipe com financiamento do CNPQ e parceria do Projeto Opará: águas do rio São Francisco. A ação mobiliza comunidades rurais do sertão sergipano para o uso de boas práticas de convivência com o semiárido. “Foi uma oportunidade de aprimoramento e de fortalecer o conhecimento. Achei interessante o trabalho que é realizado de   forma simplificada e diretamente com as comunidades numa perspectiva agroecológica”, disse.

Pablo Vieira apresentou a iniciativa de recuperação de nascentes, do Instituto Palmas, de Alagoas

O minicurso sobre recuperação de nascentes foi realizado por Pablo Vieira, coordenador técnico do Projeto Renascendo, executado pelo Instituto Palmas, em Alagoas  Com o patrocínio da Petrobras, o projeto atua na revitalização da Bacia do Rio São Francisco, através da articulação da Rede Renascendo de Educação Ambiental, da implantação de tecnologias de recuperação de nascentes e boas práticas de convivência com o semiárido em Alagoas.

Pablo Vieira agradeceu o convite feito pelo coordenador geral do projeto Opará, Antenor Aguiar  para ministrar o minicurso, que na sua avaliação teve uma resposta positiva do público. “Devido ao público do curso ser composto por pessoas da comunidade  acadêmica e comunidades rurais enriqueceu muito os debates, além disso o público se mostrou interessado pelo tema de recuperação de nascentes e em alguns casos demonstrando o interesse da aplicação dos conhecimentos adquiridos em suas comunidades, como a tecnologia social solocimento, que possui uma aplicação em campo muito simples”, destacou.

Durante o minicurso, os participantes conheceram a experiência do Instituto Palmas de recuperação de 75 nascentes na região do semi-árido em diversos tipos de solos e através da apresentação de 65 slides de fotos do processo completo de recuperação das nascentes, explicando detalhadamente as dificuldades encontradas  no processo de cada passo da recuperação e o que fazer para resolver os problemas. “O que mais surpreendeu os participantes foram os slides da qualidade da água consumida pelas comunidades antes da recuperação e depois”, observou Pablo Vieira.

Nos minicursos Ferramentas para Avaliação da Qualidade da Água, ministrado pela professora Adnívea Monteiro, e “Educação ambiental pelas Águas do rio São Francisco”, realizado pelo professor Cristiano Ayres, foram discutidas alternativas sustentáveis sobre o uso consciente da água. “Os participantes estavam empolgados e inteirados com a temática do minicurso, que teve a proposta de falar sobre a importância da avaliação da qualidade da água e apresentar estatísticas disponíveis para esta finalidade”, disse Adnívea.

Minicurso Ferramentas para Avaliação da Qualidade da Água

 Minicurso Educação ambiental pelas Águas do rio São Francisco

Leave a Reply

You are donating to : Greennature Foundation

How much would you like to donate?
$10 $20 $30
Would you like to make regular donations? I would like to make donation(s)
How many times would you like this to recur? (including this payment) *
Name *
Last Name *
Email *
Phone
Address
Additional Note
paypalstripe
Loading...