Oficina aborda recomposição florestal na Amazônia

17
out

Oficina aborda recomposição florestal na Amazônia

 

Nesta tarde, os projetos Opará: águas do rio São Francisco e Azahar: Flor de Laranjeiras realizaram a oficina Recomposição Florestal na Amazônia, ministrada por Marcelo Lucian Ferronato, coordenador de projetos na Ação Ecológica Guaporé- – Ecoporé e coordenador geral do Projeto Viveiro Cidadão, em Rondônia.

A atividade foi realizada no auditório do Nupeg, Campus de São Cristóvão da Universidade Federal de Sergipe e integrou a programação do I Seminário Agua e Cultura em Laranjeiras, organizado pelo Projeto Azahar: Flor de Laranjeiras nos dias 16 e 17 deste mês.

Durante a oficina, foram abordados temas como aspectos gerais da restauração na Amazônia, as experiências que estão sendo realizadas, estratégias de restauração ecológica empregadas pelo Viveiro Cidadão em Rondônia e o planejamento da restauração que envolve aspectos técnicos, logísticos, financeiros, humano e determinação de uma região de referência.

“A proposta foi discutir a temática ligada à restauração florestal na Amazônia, tendo como pergunta orientadora o porquê restaurar áreas na Amazônia?”, disse Marcelo.

Também foram apresentadas as ações do Projeto Viveiro Cidadão, que iniciou suas atividades com patrocínio da Petrobras em 2013, sendo oriundo de projetos anteriores chamados D’allincourt (2008 a 2012) e Manicoré (2012-2013).

“Ou seja, em 11 anos, além da ampliação da área de atuação, que partiu de uma pequena microbacia hidrográfica, de onde era feita a captação de água para abastecimento da cidade de Rolim de Moura (com cerca de 50 mil habitantes), que devido ao desmatamento de mais de 90% de seu território, passava por sérios problemas de abastecimento de água fruto da degradação de suas bacias hidrográficas, para 8 municípios da região com os mesmos problemas. Ao longo deste período mais de 550 ha de áreas já foram apoiadas para recuperação, envolvendo mais de 650 agricultores, agriculturas e jovens agricultores familiares. Além de mais de 10 mil pessoas envolvidas em ações de educação ambiental”, informa Marcelo.

 

Marcelo destacou que a oficina foi uma oportunidade de compartilhar os resultados alcançados e estratégias utilizadas pelos projetos com o nordeste. “Em que pese estarmos em biomas totalmente diferentes, os problemas são semelhantes, e este intercâmbio pode ser benéfico para ambos os projetos, Opará, Azahar e Viveiro Cidadão”,  ressaltou.  Sobre o Projeto Opará, ele enfatizou a parceria vem de eventos como o 8º Fórum Mundial da Água realizado em 2018, com participação conjunta dos projetos patrocinados pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental e Governo Federal. “Percebemos várias cinergias entre os projetos”, enfatizou.

 

O I Seminário Água e Cultura em Sergipe foi realizado nos dias 16 e 17 de outubro na Universidade Federal de Sergipe – Campus Laranjeiras. Ferronato também participou da mesa redonda sobre educação ambiental, para além dos conteúdos, das transversalidades e das interdisciplinaridades.

Leia mais sobre o Projeto Viveiro Cidadão e o Projeto Azahar: For de Laranjeiras

Leave a Reply

You are donating to : Greennature Foundation

How much would you like to donate?
$10 $20 $30
Would you like to make regular donations? I would like to make donation(s)
How many times would you like this to recur? (including this payment) *
Name *
Last Name *
Email *
Phone
Address
Additional Note
paypalstripe
Loading...