Seminário discute violências de gênero no campo

11
set

Seminário discute violências de gênero no campo

O problema da violência contra mulheres rurais ainda possui grandes desafios de enfrentamento como a ausência de políticas públicas que garantam às vítimas o acesso à rede de proteção com oferta de serviços de atendimento integral às vítimas e ao agresssor. Um dos fatos que contribui para esta realidade é a invisibilidade do problema. Existem poucos estudos sobre o assunto que mapeiem a realidade de agressões sofridas por agricultoras no espaço doméstico.

A pesquisa Você Vai Se Arrepender de Levantar a Mão pra Mim? Incidência e Diagnóstico dos Casos de Violência Doméstica que Atingem as Mulheres do Alto Sertão Sergipano é uma das ações que tentam preencher esta lacuna. O estudo joga luz à temática revelando perfis de vítimas e autores de violências domésticas nos municípios de Nossa Senhora da Glória e Poço Redondo.

O estudo é realizado pelo Grupo de Pesquisas sobre Gêneros e Sexualidades Xique-Xique, coordenado pela professora do Campus do Sertão da Universidade Federal de Sergipe e pesquisadora do Projeto Opará: Águas do rio São Francisco, Patrícia Rosalba.

“É um estudo quantitativo e qualitativos que apresenta interesse científico e no âmbito das políticas públicas, uma vez que os seus resultados além de possibilitar o acúmulo de conhecimento no campo de estudos de gênero e violências, com foco para a violência doméstica, também poderá servir para dar subsídios à formulação de políticas públicas que visem maior igualdade e equidade entre homens e mulheres e a diminuição de casos de violência doméstica”, explica a professora Patrícia Rosalba.

Os dados parciais da pesquisa foram discutidos na manhã da última quarta-feira, 11 de setembro, com estudantes, professores do Campus Sertão da Universidade Federal de Sergipe e operadores de direito durante o II Seminário sobre Violências contra as Mulheres.

A atividade contou com a participação de Lynna Gabriella Silva Unger, doutoranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação. A programação contou com as palestras Características dos Crimes de Violência Doméstica, Políticas Públicas sobre Violência Doméstica e Como Identificar e Sair de um Relacionamento Abusivo?

As relações de gênero no campo com foco nas desigualdades sociais e pobreza rural feminina são alguns dos assuntos que o Projeto Opará: Águas do rio São Francisco procura discutir numa perspectiva de contribuir para o empoderamento feminino no sertão e enfrentamento ao preconceito que historicamente torna as trabalhadoras rurais invisíveis na esfera produtiva, vulneráveis e  subalternizadas nas relações sociais.

O Projeto Opará: Águas do rio São Francisco, realizado pela Sociedade Socioambiental do Baixo São Francisco Canoa de Tolda e Universidade Federal de Sergipe, com patrocínio da Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental e Governo Federal.

 

 

 

Leave a Reply

You are donating to : Greennature Foundation

How much would you like to donate?
$10 $20 $30
Would you like to make regular donations? I would like to make donation(s)
How many times would you like this to recur? (including this payment) *
Name *
Last Name *
Email *
Phone
Address
Additional Note
paypalstripe
Loading...